5 importantes versos bíblicos sobre stress ou ansiedade – Parte 5

Energia desperdiçada com preocupação

22 Dirigindo-se aos seus discípulos, Jesus acrescentou: “Portanto eu lhes digo: Não se preocupem com sua própria vida, quanto ao que comer; nem com seu próprio corpo, quanto ao que vestir. 23 A vida é mais importante do que a comida, e o corpo, mais do que as roupas. 24 Observem os corvos: não semeiam nem colhem, não têm armazéns nem celeiros; contudo, Deus os alimenta. E vocês têm muito mais valor do que as aves! 25 Quem de vocês, por mais que se preocupe, pode acrescentar uma hora que seja à sua vida? 26 Visto que vocês não podem sequer fazer uma coisa tão pequena, por que se preocupar com o restante? 27 “Observem como crescem os lírios. Eles não trabalham nem tecem. Contudo, eu lhes digo que nem Salomão, em todo o seu esplendor, vestiu-se como um deles. 28 Se Deus veste assim a erva do campo, que hoje existe e amanhã é lançada ao fogo, quanto mais vestirá vocês, homens de pequena fé! 29 Não busquem ansiosamente o que comer ou beber; não se preocupem com isso. 30 Pois o mundo pagão é que corre atrás dessas coisas; mas o Pai sabe que vocês precisam delas. 31 Busquem, pois, o Reino de Deus, e essas coisas lhes serão acrescentadas.

Lucas 12.22-31

Jesus nos dá a perspectiva perfeita da vida nesses versículos. Você não pode adicionar um dia à sua vida útil se preocupando, mas pode subtraí-los.

Os pássaros não se sentam nas árvores e se preocupam com o que comerão amanhã. Não, eles cantam nas árvores sem se importar com o que comerão.

O lírio não se preocupa com o crescimento ou se recebe chuva suficiente para sobreviver. Todas as criaturas de Deus, exceto o homem, não se preocupam com o futuro. Os corvos não têm um armazém onde podem armazenar comida para o inverno.

Eles vivem dia após dia sem pensar no que vão comer. Quanto podemos aprender com a natureza ao nosso redor e o que Deus fornece para eles, e como Deus se importa infinitamente mais conosco, por que devemos andar tão preocupados com o que está por vir?

O filho de Deus não tem nada a temer, porque a ira de Deus foi colocada sobre Seu Filho e o castigo que nos foi devido foi tomado pelo Filho de Deus e agora temos paz com Deus (Rm 5: 1). Agora podemos dizer, como Paulo fez: “Estou convencido de que nem a morte nem a vida, nem os anjos nem os demônios, nem o presente nem o futuro, nem quaisquer poderes” (Rm 8:38), pois “em todas essas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou ”(Rom 8:37).

Mesmo assim, sou muitas vezes culpado de tentar carregar o que nunca fui projetado para carregar. Preciso pegar minha carga pesada e colocá-la nas mãos daquele que pode suportar o peso e que sustenta e sustenta o universo por Seu poder (Hb 1: 3).

Quando me preocupo, estou dizendo essencialmente “Deus, não confio em você”. Que vergonha para mim. Eu preciso cair no meu rosto, lançar todos os meus cuidados e me preocupar com Ele. Ele pode lidar com isso. Eu não posso.

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *