Lei de Deus X Salvação

Embora seja um tema extenso, eis abaixo, uma breve reflexão sobre a lei de Deus, e a sua relação com a salvação


1 João 2:4 e 5: 
“Aquele que diz: Eu o conheço e não guarda os seus mandamentos é mentiroso, e nele não está a verdade.

Aquele, entretanto, que guarda a sua palavra, nele, verdadeiramente, tem sido aperfeiçoado o amor de Deus. Nisto sabemos que estamos nele:” (…)

Viver uma vida santa, abstendo-se de pecar e de tudo aquilo que sabemos que é pecado, significa, de fato, não transgredir a lei e Deus:

 

1 João 3:4: “Todo aquele que pratica o pecado também transgride a lei, porque o pecado é a transgressão da lei.”

E também no verso 24: “E aquele que guarda os seus mandamentos permanece em Deus, e Deus nele. E nisto conhecemos que ele permanece em nós, pelo Espírito que nos deu.”

Cristo nunca pecou, em outras palavras, nunca transgrediu a lei; Ele veio para mostrar a maneira correta de como obedecer aos mandamentos de Deus.

 

João 13:15: “Porque eu vos dei o exemplo, para que, como eu vos fiz, façais vós também.”

E então, Cristo nos lembra em João 14:15: “Se me amais, guardareis os meus mandamentos.”

Tiago 2:10 ao 12: “Pois qualquer que guarda toda a lei, mas tropeça em um só ponto, se torna culpado de todos.

Porquanto aquele que disse: Não adulterarás também ordenou: Não matarás. Ora, se não adulteras, porém matas, vens a ser transgressor da lei.

Falai de tal maneira e de tal maneira procedei como aqueles que hão de ser julgados pela lei da liberdade.”

 

Ou obedecemos a todos os 10 mandamentos, ou seremos culpados por todos.

Imagine que você está dirigindo acima do limite de velocidade, e então sofre um acidente. O acidente foi apenas uma consequência nessa ilustração feita, mas se for a julgamento por isso, então a lei que proíbe imprimir velocidade acima de um determinado limite, o culpou e o condenou pelo acidente causado ao ultrapassar esse limite.

Ainda nesse mesmo contexto, sofrendo um acidente mesmo estando abaixo do limite de velocidade, a mesma lei que o teria condenado caso estivesse acima do limite permitido, agora pode protegê-lo, sendo possível dizer: “ele não estava acima do limite de velocidade, portanto não tem culpa”.

A mesma lógica pode ser aplicada a lei de Deus, pois pode tanto nos proteger de pecar (quando a obedecemos), como pode também nos culpar por rebeldia (quando a desobedecemos).

Obedecer a lei, não salva, mas nos protege de pecar;

Obedecer a lei não salva, mas a desobediência levou Adão e Eva a queda e expulsão do jardim.

Da mesma forma, no tempo presente, levará muitos a perdição eterna, por rebeldia, ou seja, por desobediência.

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *